Seu e-mail foi cadastrado com sucesso

 
 
2 a 11 anos
0 a 23 meses
declaro que li e concordo com o regulamento
declaro que li e concordo com o regulamento
declaro que li e concordo com o regulamento
declaro que li e concordo com o regulamento
declaro que li e concordo com o regulamento
declaro que li e concordo com o regulamento
 
  • - Preencha o campo Nome.
  • - Preencha o campo Sobrenome.
  • - Preencha o campo Origem.
  • - Preencha o campo Destino.
  • - Preencha o campo Destino ou Valor.
  • - Preencha o campo Ida.
  • - Preencha o campo Volta.
  • - Preencha o campo Localizador.
  • - Preencha o campo CPF.
  • - Preencha o campo Smiles.
  • - Preencha o campo Data do Voo.
  • - Marque o campo Declaro que li e concordo com o regulamento.
  • - Preencha o campo Número do Voo

O que é despressurização?

23 de outubro de 2015

Quem viaja de avião sempre ouve, antes da decolagem, as instruções de segurança de voo. Uma delas, às vezes, pode gerar dúvidas. “Em caso de despressurização, máscaras de oxigênio cairão automaticamente dos compartimentos localizados acima dos assentos”, diz o comissário de bordo ou o vídeo informativo. Mas, afinal, o que é despressurização? Quais são as suas causas e quais procedimentos devem ser adotados caso ela aconteça?

 

Pressão atmosférica
Em primeiro lugar, vamos falar de pressão atmosférica. Ela nada mais é do que a consequência do peso do ar. Conforme a altitude do voo aumenta, a pressão atmosférica diminui. E a redução da pressão torna o ar mais rarefeito (reduz a oferta de oxigênio, o que pode causar falta de ar).

 

 

Dentro do avião
Como as aeronaves voam a alturas superiores a 12 mil metros – para atingir maior velocidade e alcance, além de gerar mais conforto e menos turbulências –, o ar fica rarefeito demais. Por isso, os aviões possuem um sistema que bombeia parte do ar, já comprimido e aspirado pelos motores, para dentro da cabine, criando um ambiente em que passageiros e tripulantes conseguem respirar normalmente.

 

 

A despressurização
É um evento raro. Pode ocorrer escape de ar por conta de um vazamento em uma porta ou janela, fazendo com que a aeronave tenha problemas em manter a sua atmosfera artificial. Como consequência, cai a oferta de oxigênio dentro do avião, o que pode causar nos passageiros a chamada hipóxia – diminuição de ar por metro cúbico no corpo humano. É aí que as máscaras de oxigênio entram em ação.

 

 

Como agir?
Antes da decolagem, preste atenção nas demonstrações de segurança. Caso ocorra a despressurização, mantenha a calma. Puxe a máscara mais próxima de você e coloque-a sobre o nariz e a boca. Respire lentamente. Só ajude outras pessoas depois de colocar a sua máscara. O suprimento de oxigênio é de 22 minutos, tempo suficiente para que os pilotos desçam a altitudes mais seguras, abaixo dos 3 mil metros.

 

 

Quais são os sintomas da despressurização?
Em caso de despressurização lenta, os sintomas são: cansaço, fadiga, confusão ou euforia, dores de cabeça, dificuldade de raciocínio e visão. Na despressurização rápida, surgem dores de ouvido e sinusite, rápida expansão do peito, formação e expulsão de gases, problemas de coordenação, dificuldade de respiração, fala, raciocínio e visão. O uso da máscara de oxigênio ajuda a minimizar estes efeitos.

 

blog comments powered by Disqus

Últimos posts

Edições anteriores

Últimos tweets