GOL Linhas Aéreas Inteligentes | Blog da GOL

 

Rio de Janeiro em família

A mãe e blogueira Raquel Guindani compartilha suas experiências na cidade maravilhosa com o seu pequeno, de um ano e sete meses

No ano passado, durante o feriado do Dia das Crianças, aproveitamos a ocasião para fazer uma viagem ao Rio de Janeiro. Foi muito legal voltar para lá com o meu filho, o Frederico, pois da primeira vez que fomos ele tinha apenas 11 meses. Agora, com 1 ano e 7 meses, meu pimpolho aproveitou muito mais as belezas naturais da cidade, que continua maravilhosa.

Alugamos um apart-hotel em Ipanema, em frente à praia – ou seja, localização ótima para crianças, pois é só atravessar a rua e você já está com o pé na areia. O apartamento era bom, tinha cozinha completa, máquinas de lavar e secar roupas, internet, TV a cabo, etc.

Sobre a alimentação, agora que o Frederico está maior e já come absolutamente TUDO, está bem mais fácil ir a restaurantes com ele. Almoçamos fora todos os dias, e na janta fazíamos uma comidinha em casa para ele. Fora isso, frutas, água de coco, iogurtes e sorvetes. Por sinal, as crianças costumam adorar aqueles frozen iogurtes que são febre no Rio. É uma opção super saudável de lanche no verão para os nossos pequenos, né?

Aproveitamos para ir ao Corcovado ver o Cristo Redentor, pois da última vez que havíamos ido, eu e meu marido éramos namorados (ou seja: muito, muito tempo atrás). Foi bem legal subir lá com o Frederico. Ele ficou “boquiaberto” com o tamanho e a grandiosidade do Cristo, como vocês podem ver nas fotos. E, depois, ficava contando para todo mundo do “Quisto” e abria os bracinhos para mostrar como ele era.

Não é o máximo ver nossos filhos conhecendo coisas novas? E nós, pais começamos a enxergar tudo sobre uma perspectiva diferente também, pelos olhinhos deles?! Isso fez com que o Cristo parecesse inédito para todos nós!

Além da praia e da visita ao Corcovado, passeamos bastante pelas ruas de Ipanema e do Leblon, caminhamos no calçadão, fomos a shoppings – por sinal, os shoppings Rio Design e Leblon têm espaços bem bacanas para as crianças brincarem.

Foi uma experiência ótima, sobretudo porque meu pequeno se sentiu muito mais livre por estar usando bermuda, sandália e talvez pelo clima mais praiano… Voltamos com a alma e o espírito renovados.

Sobre a documentação necessária para viajar com menores de idade, confira um post especial sobre o assunto, com todas as dicas para quem voa para dentro e fora do Brasil.

Raquel Pötter Guindani é editora do blog Mães a Obra, apaixonada por viagens e mãe do Frederico, 1 ano e 11 meses.

Voe GOL

Tags: Abria, Coco, Coisas, Corcovado

Comentários

  1. Georgina

    Adorei o post.
    Parabéns!

  2. Sut-Mie

    Para outras dicas de passeios com crianças na Cidade Maravilhosa: http://viajandocompimpolhos.wordpress.com/2010/06
    Um grande abraço,
    @viagempimpolhos

Comentar

 
Nome:
E-mail:
Site:
Comentário: